segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Sem roupa nos EUA e novos desafios

Oi, gente. Feliz 2012.
Preciso colocar aqui que tive uma amiga que conseguiu a proeza de um ano sem roupas, e morando no EUA, o mega-paraíso-do- consumo.com. Explicando: a Lucila é amiga de longa data. Estudamos juntas, na Fabico, de 99 a 2003. Ela fez carreira fora do país, trabalha com marketing, hoje numa editora dos EUA. Eu fiquei em Porto Alegre e, mesmo assim, mesmo longe, mantemos forte contato e falamos direto.
Empolgada com a minha ideia, resolveu fazer por lá também o "ano sem roupas".
Lu: amiga sem roupa nos EUA!
E, vejam só: conseguiu. Depoimento: Último dia do meu "ano sem roupas" :) obrigada Evelyn Pela inspiracao! Foi um otimo desafio e aprendizado!! (em 31/12/11). Foram 3 deslizes: o vestido pro casamento da minha prima, um tênis novo pra corrida pq o atual estava matando minhas unhas uma por uma!, e um maio de natação.... Porque eu queria comecar a nadar (não comecei)... Mas enfim, pelo menos os 2 primeiros deslizes foram por bons motivos! :)
Lu!!!!  Orgulho de ti. E, ainda, num lugar onde tu compra uma blusinha bacana por 3 dólares, às vezes! Super disciplinada!


:::::::::::::::::::


Gente... não comprei roupas novas ainda. Andei gastando na costureira, tenho uma formatura findi que vem. Inventei uma faixa pra dar um novo ar ao meu tubinho preto básico - na foto, abaixo - e usei no Reveillon (ah, não uso branco, não dou bola pra essa tradição). Criatividade versus consumo. 
Mas estou afim de um novo desafio. Pensei em tentar passar um ano sem comprar nada made in China e tentar primar por coisas locais. Pq sem roupa eu vi que dá.... mas sem "China" tá parecendo impossível. O que vocês acham? Será, hein? Ideias? 
O vestido preto com a faixa rosa. Que "originalmente" é uma echarpe.
Posso, inclusive, incomodar as gráficas com as quais trabalho e perguntar de onde vem a tinta e de onde vem o papel (evelynmala.com). Aí, o "ano sem" sai da parte pessoal e incomoda também no trabalho. Enfim, sustentabilidade é o propósito. Aguardo opiniões do um novo desafio.

Enquanto isso, conto que esse ano e meio sem roupas me deixou menos consumista no geral. Mais crítica. Sei que gasto energia e que ainda desperdiço muito com outras coisas, mas estou tentando equilibrar essa visão dos 3R's (reduzir / reutilizar / reciclar) com continuar sendo um ser social. E sabem que não é tão complicado quanto parece? Além de muitos amigos e parentes simpatizantes, quando você não quiser consumir ou comer algo, simplesmente diga não. E pronto. Dar discurso.... tentar convencer.... não rola. Aí fica sendo mala sustentável. Só um "não, obrigada" basta.
E o olhar de alguém que sabe do blog... aquele olhar cúmplice-debochado faz muita coisa valer a pena. Hehehe... 

Agora tirei uns dias de férias com a família e aqui encontrei primos que companham o blog. Às vezes surge a pauta "roupas". E os olhares são divertidíssimos :P.

4 comentários:

  1. Parabéééns pra menina sem roupa nos EUA!! hehehe (Sempre quero fazer piadinha com a as pessoas nuas, "ela deve ter passado frio! heheh"... não? ¬¬ )

    Enfim..
    Boa sorte com a busca por outro desafio! rs Não usar produtos china é uma boa!! Mas china in box não conta né? É tão bom...
    Aaah! To ruim de piadas hoje...

    Beijo prima!

    ResponderExcluir
  2. Oi adorei seu blog.... muito interessant valeu pelas dicas.Ja sou sua seguidora me segue tb bjos...

    ResponderExcluir
  3. thanks for sharing this article to us , it is very nice article ,
    i really like like this article because i got good info about this article thanks for sharing this article to us best regards.
    sap hana online training

    ResponderExcluir
  4. oi bom dia, adorei o post, gostaria de compartilhar nossa loja www.nutritivasaude.com.br corre ver, vai gostar

    ResponderExcluir