domingo, 3 de outubro de 2010

O ano sem roupas

Sim. 365 dias sem comprar roupas novas. Brincos novos. Maquiagem nova. Sapatos novos. Lingerie nova.

A ideia não é levantar bandeira nenhuma. Começou como uma brincadeira sustentável, em 22/08/2010. Virou uma forma de economizar para gastar com meu novo apartamento. E, conforme fui divulgando entre amigos, virou um desafio divertido.

Acho que a minha mãe não me entende bem... ela que adora umas comprinhas. Minhas amigas estão me achando meio louca... outros duvidam que eu conseguirei. Devo admitir que já burlei a promessa uma vez, comprei um par de meias por R$ 5,00 nas americanas. Me certifiquei, porém, de que não eram made in china.

REGRAS QUE INVENTEI
Certo, não gastarei em roupas. Não posso, porém, gastar mais ou transferir esse momento de consumo para outras coisas. (ah, tenho praticamente toda a mobília do novo apê, só não a cozinha, o que me ajudará e não gastar muito com isso)
* Posso comprar usadas - brechó, alugar e reformar, pegar emprestadas
* Não posso ganhar roupas novas também não. Já avisei minha mãe e minhas amigas - não vão contra meu "ano sustentável".

SUSTENTÁVEL? PSICOLÓGICO? AUTOCONHECIMENTO?
Olha, gente, tudo isso. E um pouco de rebeldia também. Quero lançar um novo olhar.... tipo, eu estou mexendo no foco de muita gente que só quer ter mais grana pra comprar mais coisas..... estou tentando desequilibrar essa visão.O negócio é comprar conscientemente.

PREPOTÊNCIA
Sim, não serei arrogante ou pobrezinha. Acho que tenho o suficiente talvez para muitos (e não apenas um) ano.

PONTO DE VISTA
Já me perguntaram: tá, por que tu não abre excessão e compra só o que realmente precisar?
E respondo - e como delimitar isso? Tem gente que "precisa" de algo novo a cada novo evento..... qual o conceito de necessidade, hum?

SEMI SUSTENTÁVEL
Outra questão: uma amiga falou que pra cada peça que compra, doa duas. Ou tentar doar. Olha, já é bem bacana, mas um comentário de um professor do mestrado me fez pensar: ok, mesmo que a gente doe o que tem... ou separe o lixo.... podemos confiar no paradeiro? Não está atulhando o armário de outra pessoa? Ou jogado num lixão sem tratamento? A gente mexe demais na natureza....
Admito que esse comentário que quis dizer: "em algum lugar foi parar, sai da nossa vista e consideramos resolvido" mexeu comigo e eu vou tentar evitar essa troca com a natureza por um ano.

Gentes.... por hoje é só. Já são 42 dias. Por hora não foi difícil. A minha mãe me convenceu a ficar com algumas peças dela (usadas, claro) e aceitei. Foi divertido.

E,depois do casamento de um amigo ontem, começo a pensar se um ano sem beber também não me faria bem.... mas isso sim seria um desafio e tanto.

7 comentários:

  1. Bom , acredito em ti e que vai conseguir, a maquina de costura tu n vai fugir de comprar heahaehuaehuaehuae beijokas e se precisar de cuecas estou aqui huaehuaehuae

    ResponderExcluir
  2. Amei!!!! ainda estou na fase em que cada peça nova que entra um outra vai embora...mas com certeza esta virando o excesso de outra pessoa...quando crescer quero ser que nem voce...ficar um ano sem comprar roupas, sapatos, bolsas...mas antes farei um rancho...rs...vale?
    beijinhos
    Luciana Kael

    ResponderExcluir
  3. Louca!!!! Tu não tem jeito mesmo...hehe
    Já que estou proibida de te convidar a cohecer a minha loja por um ano, te convido para algum dos meus brechós anuais para te dar uma forcinha!
    Só posso te desejar sorte, pq se fosse eu...(impossível cogitar essa possibilidade).
    Espero a festa no ap novo depois.
    Bjs e parabéns pelo blog.
    Josi

    ResponderExcluir
  4. Evelyn, blog show de bola! Parabéns pela visão não-consumista e pela postura ecológica.

    A natureza agradece!
    Abraço

    Vinicius

    ResponderExcluir
  5. Evelyn,
    Adorei a ideia! Acho que realmente tem um monte de coisas envolvidas no ato de comprar. Além da questão ecológica, pois TUDO o que consumimos vem de alguma matéria-prima, é uma questão de mudança de valores mesmo. De pensar duas vezes antes de comer, antes de comprar roupas, antes de consumirmos mais e mais coisas que não precisamos. Parabéns pela iniciativa e boa sorte!

    ResponderExcluir
  6. Adorei a iniciativa, conheço algumas consumidoras compulsivas, vou passar a ideia!

    ResponderExcluir
  7. This blog is bookmarked! I really love the stuff you have put here.

    cheap cialis

    ResponderExcluir